Showing 20 results

Archivistische beschrijving
Golegã With digital objects
Print preview Hierarchy View:

Semana Internacional de Reflexão do Núcleo do Graal

Resumo da semana internacional de partilha e reflexão no Centro do Graal na Golegã. Treze participantes internacionais vindas de onze países (Papua-Nova Guiné, Austrália, Uganda, África do Sul, Brasil, EUA, Canadá, Alemanha, Itália, Holanda e Eslováquia). Foram efetuadas apresentações sobre a história do Núcleo, sobre a identidade do Graal no contexto biblico e psicológico, sobre a comunidade e o significado de um compromisso no Núcleo do Graal.

Graal

Recriar o voo. Celebrar a Páscoa

Folheto evocativo da celebração da Páscoa em tempo de pandemia: "Vimos, por isso, propor-vos celebrar a Páscoa – o Tríduo Pascal – em conjunto,on-line, a partir da Golegã. Em cada um dos três dias – Quinta-Feira Santa, Sexta-Feira Santa, SábadoSanto – encontrar-nos íamos em dois momentos, um de manhã e outro à tarde".

Graal

Mulheres, Teologia e Mística (relatório 2014)

Relatório do encontro Mulheres, Teologia e Mistica na Golegã em Julho de 2014 .
A Oficina de Formação Mulheres, Teologia e Mística nasce em 2010 da necessidade do estudo, investigação e actualização no âmbito da produção teológica feita por mulheres e no âmbito da Rede Internacional "Spirituality Network". Considerando que em Portugal o número de mulheres com formação em Teologia é muito reduzido; considerando ainda que o pensamento teológico produzido internacionalmente tem tido particular relevo na compreensão das relações de género nas diferentes tradições religiosas assim como no ‘empoderamento’ das mulheres nas diferentes comunidades, tornou-se desde 2017 um programa de formação internacional onde participam diversas formadoras/facilitadoras.

Pôr-se a caminho

"Pôr-se a caminho é uma proposta de peregrinação interior ao longo de quatro semanas que nos
preparam para a celebração do Nascimento de Jesus." Proposta e programa de oração e reflexão durante as 4 semanas do Advento que culminou com um encontro na Golegã.

O Graal em Portugal

Documento informativo sobre o Graal em Portugal, apresentado na Golegã pelo Conselho Coordenador da Associação Graal (com conhecimento de todos os membros da Associação/Núcleo) e pela Equipa de Coordenação Nacional do Graal.

A casa onde nasceu uma janela

Texto sobre a casa do Graal na Golegã escrito pelo padre Carlos Maria Antunes pela altura das comemorações sos 25 anos do centro do Graal na Golegã (2008-09-16)

Graal

Uma agenda à Escala do Mundo

Discurso de Maria de Lourdes Pintassilgo na Assembleia Geral Nacional do Graal na Golegã a 15 de Outubro de1994.
Numa tentativa de auscultar o que se passa no Mundo, de revelar a "agenda do mundo" Maria de Lourdes Pintasilgo baseia se nas últimas conferências das Nações Unidas e aborda os temas presentes à escala internacional, como sejam o da pobreza mundial, da densidade populacional e sobrepopulação, das mulheres e o controlo da fertilidade, da educação, da qualidade de vida e desenvolvimento, do emprego, das mulheres como força social, da cidadania, do conceito de sociedade civil e de uma economia ao serviço das pessoas.
ONU, 1992, Rio de Janeiro: Ambiente e Desenvolvimento
Cairo, 1994, População e Desenvolvimento
Beijing, 1995, será sobre a paz e a contribuição das mulheres para a paz e para o desenvolvimento e contra a violência em relação às mulheres, etc.
Istambul, 1996, Habitat (cidades)

Graal

Mulheres, Teologia e Mística (relatório 2013)

Relatório do encontro Mulheres, Teologia e Mistica na Golegã em Julho de 2013 .
A Oficina de Formação Mulheres, Teologia e Mística nasce em 2010 da necessidade do estudo, investigação e actualização no âmbito da produção teológica feita por mulheres e no âmbito da Rede Internacional "Spirituality Network". Considerando que em Portugal o número de mulheres com formação em Teologia é muito reduzido; considerando ainda que o pensamento teológico produzido internacionalmente tem tido particular relevo na compreensão das relações de género nas diferentes tradições religiosas assim como no ‘empoderamento’ das mulheres nas diferentes comunidades, tornou-se desde 2017 um programa de formação internacional onde participam diversas formadoras/facilitadoras.